Páginas

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Grupo 4 - Francieli, Ana Rosa, Adnaldo, José Luís, Antenor André

Grupo __ - Turma __
Professores:


 Situação de aprendizagem

No aeroporto, Carlos Drummond de Andrade

Parte 1. Proporcionar uma discussão com os alunos buscando levantar o conhecimento prévio a respeito do tema do texto através de sondagem em uma roda de conversa.

Questões orientadoras: O que é um aeroporto? Alguém já viajou de avião? O que será que esse texto vai nos falar? O que significa requerer cuidados especiais? O que é ter um hóspede? Vocês conhecem esse autor?

Parte 2. Leitura silenciosa e individual para o primeiro contato com o texto buscando grifar as palavras desconhecidas para atividades posteriores.

Parte 3. Leitura compartilhada ou colaborativa do texto, proporcionando ao aluno pausas para inferências e feedback de compreensão textual.
Nesse momento, os alunos podem localizar, comparar e generalizar as informações levantadas no momento de antecipação que foi feito na roda de conversa.

Questões orientadoras: A opinião de vocês mudou desde o momento antes de ler o texto? Alguém imaginou que o texto falava o tempo todo de uma criança de 1 ano? Alguma opinião era semelhante ao que aconteceu no texto?

Parte 4. Trabalho com os dicionários para buscar o aumento do vocabulário dos alunos, elaboração de uma ficha de leitura portando os dados da leitura e a sequência dos fatos ocorridos na narrativa.
Trabalho com a estrutura textual do gênero crônica e suas características. Instigar os alunos a buscarem outros gêneros textuais.

Parte 5. Uso de outros textos para aumentar o repertório e o conhecimento de nossos alunos.
Imagens sobre o tema do texto

 





Após a explanação acerca do assunto e das imagens, o uso de duas charges para aumentar o criticidade dos alunos, bem como o conhecimento de mundo.




Perguntas orientadoras: O que essas charges retratam? Qual é o problema enfrentado tanto por brasileiros quanto em outros aeroportos mundiais? Alguém já viu alguma reportagem a respeito disso? Quais são os possíveis motivos para o atraso dos aviões? De quem é a responsabilidade?

Parte 6. Levantar uma discussão acerca do “ser especial” que aparece no texto. O que pensamos quando lemos que o hóspede era especial? Somos preconceituosos ou fingimos não ser? Vocês gostaram das leituras feitas acerca da crônica?

Parte 7. Avaliação: Produção de um cartaz ilustrativo para chamar a atenção dos outros alunos a lerem essa crônica e outras  presentes na sala de leitura.